Agentes penitenciários paralisam atividades por 48 horas e visitas são suspensas em Alagoas


Desde as primeiras horas da manhã deste sábado (27) estão suspensas as visitas aos detentos do Sistema Prisional de Alagoas em decorrência de uma paralisação de 48 horas anunciada pelos agentes penitenciários depois de decisão assemblear realizada na última quarta-feira (24).

A categoria chegou à decisão em razão do Projeto de Lei de autoria do Executivo que tramita na Assembleia Legislativa  e  que tem como base a redução da periculosidade e insalubridade da categoria. Se aprovado o PL acarretará à agentes uma perda de quase R$ 300 no salário. A proposta é fixar o valor em R$ 708, quando na atualidade os agentes recebem 40% em cima do salário de R$ 998.

As informações foram confirmadas pelo vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindapen), Petrônio Lima durante entrevista a uma rádio local.

Também é de Petrônio a informação de que os agentes devem se reunir com o Cristhian Teixeira que responde pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) na próxima segunda ou terça-feira. A sinalização de que o governo pretende negociar fez os agentes rever a decisão de paralisação de 48 horas e uma nova assembleia deve acontecer amanhã, às 8h, onde a categoria deve definir pela continuidade ou não da paralisação.

Os serviços essenciais serão mantidos, ficando suspensas somente as visitas.
Share on Google Plus

RN NEWS - O RIO GRANDE DO NORTE EM FOCO