Vendados e "enlameados", artistas protestam na Esplanada dos Ministérios

Com os olhos vendados, artistas se cobriram de lama e caminharam pela Esplanada dos Ministérios, em Brasília, na tarde de ontem, quinta-feira (25), em um ato que questiona o processo de impeachment contra a presidente afastada Dilma Rousseff (PT). O "manifesto poético" intitulado de Cegos é de autoria do grupo performático paulista Desvio Coletivo.
"Hoje calhou de a gente estar aqui no início do processo de votação (do julgamento do impeachment) da nossa presidente Dilma no Senado. Não haveria dia mais apropriado para cobrir nosso corpo com essa lama", mencionou uma das artistas durante transmissão ao vivo feita na página do coletivo no Facebook.
A performance faz parte da programação do Festival Internacional Cena Contemporânea Brasília.
Vários artistas já se manifestaram contra o processo de impeachment de Dilma Rousseff e contrários ao governo do presidente interino Michel Temer (PMDB).
A categoria chegou a ocupar vários prédios pertencentes ao Ministério da Cultura após a extinção da pasta, uma das primeiras medidas de Michel Temer depois que assumiu o governo. A ocupação mais emblemática foi a do Palácio Capanema, no centro do Rio de Janeiro, local que concentra painéis de Cândido Portinari.
Durante a ocupação, o local recebeu shows de nomes como Caetano Veloso, Seu Jorge, Erasmo Carlos, entre outros. O governo interino voltou atrás e recriou o Ministério da Cultura, no dia 21 de maio.
Uol
Share on Google Plus

RN NEWS - O RIO GRANDE DO NORTE EM FOCO